Sie sind hier:

Experiência de Larissa Guelfi – Stuttgart

Experiencia - Relatorio Out_Nov 2015 - LarissaExperiencia Encontro de Jovens – Nov 2015

Iniciamos a preparação logo após o encontro internacional de jovens de maio, porém essa preparação se intensificou a partir de setembro.

O grupo não se preparou apenas materialmente para esse evento, mas também espiritualmente, e pudemos sentir o resultado dessa preparação no dia do evento, foi simplesmente maravilhoso, o sentimento de alegria contagiou a todos.

A preparação do material foi por meio de reuniões semanais online, trocas diárias de e-mails e whatsapp (mensagens), preparação das apresentações em português e alemão, ensaios das apresentações, convite para os membros e frequentadores por meio de e-mail, telefone, mensagens. A preparação espiritual também o fundamental. O grupo organizador do evento realizou a nova prática do sonen por 30 dias, mentalizando os jovens e suas purificações. Além disso, quando convidávamos as pessoas para o evento, também explicávamos a importância de estarem presente no dia do culto as Almas dos Antepassados, principalmente quanto ao motivo espiritual, e procurávamos saber se a
pessoa estava passando por alguma dificuldade com o objetivo de ajudá-la. Todas as apresentações que fiz sempre pedi para que Meishu-Sama as fizessem por mim e que Ele me utilizasse apenas como seu instrumento, que realmente fosse feita a vontade Dele. Foi uma experiência muito interessante pois muitas vezes eu começava de um jeito e terminava completamente diferente do que eu havia pensado/iniciado, eu realmente sentia que Meishu-Sama atuava colocando a Sua vontade. Em todos os momentos da preparação do evento eu sentia grande alegria em poder estar sendo útil a Meishu-Sama por meio desse encontro, e mesmo no meio de tantos compromissos da vida pessoal e profissional, ainda conseguia tempo para dedicar na preparação do evento com amor e sem gerar conflitos no trabalho e em casa.

No sábado, primeiro dia do evento, após a oração matinal realizamos uma dinâmica com os presentes, na qual eles tinham que cantar e dançar, foi pura alegria e diversão. Na sequência ouvimos a experiência do ministro Marcos Thomé e depois as experiências dos jovens no seu trabalho de difusão mundial. Todas as experiências foram emocionantes, tivemos até a participação de uma jovem brasileira que mora em Londres via internet. Enquanto os jovens apresentavam, despertou num senhor a vontade dele compartilhar sua experiencia de fé com todos os presentes, a qual foi muito bonita.

Na sequência fizemos uma roda onde cada um deveria contar alguma experiência marcante que teve com o Johrei ou com alguma outra prática messiânica, com o objetivo e sentimento de ajudar e ser útil para as outras pessoas que estavam na roda.

Foram muitas experiências bonitas, e muitas das pessoas, envolvidas pelo forte sentimento de gratidão, se emocionaram.

Após o almoço foram realizadas 4 atividades: Cerimonia do chá, pintura, caligrafia e Ikebana. Eu tive a permissão de dedicar na cerimonia do chá. Essa foi uma grande experiência para mim, foi a primeira vez que demonstrei e expliquei como se realiza essa cerimonia. Foi algo mágico! Durante a demonstração eu estava muito concentrada, me sentia muito leve, como se tivesse meditando, um sentimento muito forte de paz interior. Então pela primeira vez eu pude compreender a importância dessa cerimonia, assim como a importância da arte em nossa vida. Como Meishu-Sama sempre enfatiza: apreciar a arte nos eleva espiritualmente. O dia finalizou com uma alegre confraternização e dedicação de limpeza.

No domingo, dia do Culto às Almas dos Antepassados, pela manhã foram realizadas mesas redondas, as quais discutiram o tema “ultra-religião”. Após essa atividade foi realizada uma apresentação sobre os antepassados. O ministro pediu que eu preparasse e realizasse essa apresentação. Senti grande responsabilidade, pois é um tema muito importante e sabia que todos os nossos antepassados estariam ali junto com seus descendentes assistindo a apresentação. Procurei realizar com muito amor e carinho. Ao final da apresentação propomos aos presentes uma rápida dedicação de mitama migaki, para que treinassem o sentimento de sinceridade e gratidão para com seus antepassados. Todos praticaram com muito gosto e alegria!

Após o almoço foi realizado uma corrente de Johrei durante 1 hora junto com leitura de ensinamento. Na sequência tivemos o culto, o qual foi muito bonito. Eu também tive a oportunidade de apresentar minha experiência de fé sobre as reuniões de Johrei que realizamos mensalmente em nosso lar em Stuttgart. Esse final de semana foi tão especial para mim que no dia seguinte, segunda-feira, eu não conseguia me concentrar no trabalho devido a forte alegria que ainda sentia, foi algo realmente muito intenso.

Muito obrigada Meishu-Sama por permitir que eu, junto com meus antepassados, dediquemos junto ao Senhor nessa linda obra.

Larissa